O blog tem novo endereço

Oi, pessoal

O  blog mudou de endereço: www.cabelocrespoecabelobom.com.br/ .  Nos encontramos lá!

Beijos,

Mariangela

Andando por ai…2

Sempre gostei de cabelos estilo Black Power, mas é difícil encontrar fios bem tratados e brilhantes. O da nutricionista Ariana Araújo é uma exceção. O que ela faz para manter os crespos tão bem tratados? Mousse e umidificador, porque no calor de São Paulo, com a umidade do ar beirando a zero, até o cabelo pede água.

Exposição da Barbie Negra continua

Finalmente consegui ver a exposição Black Barbie, que celebra os 30 anos da primeira Barbie negra (ela foi criada em 1980). Dei sorte porque estava no local certo, na hora certa, peguei o último dia da exposição no Shopping Paulista. Desde o mês de maio, a mostra itinerante já passou por alguns shoppings centers da cidade de São Paulo.  E vai continuar Brasil a fora. O evento apresenta 80 bonecas raras, que fazem parte do acervo do colecionador Carlos Keffer. Se quiser saber se a exposição vai até a sua cidade, envie um email para info@museuencantado.com.br. Imperdível!

Esta é a primeira Barbie criada em 1980 para homenagear a beleza negra

Barbie no estilo militar

Anna Lillian e Waléria Zinardi: as Barbies de carne e osso do evento

Andando por aí…

Quando a Vanessa Tavares de Oliveira passou por mim, tive que pedir para que deixasse tirar uma foto. O cabelo dela é lindo, cheio de movimento. Ela abre um grande sorriso e joga o cabelo de lá prá cá com a maior naturalidade, como se dissesse: o que posso fazer? Nasci assim!

Careca como Naomi Campbell, nem pensar! Saiba como evitar

Sei que a queda de cabelo da Naomi Campbell foi o assunto da semana em muitos sites e revistas (especialmente de fofoca). Mas como tudo o que acontece na vida é aprendizado, vale a pena entender porque a top está ficando careca.  Naomi passou a usar extensões há mais de 15 anos como uma forma rápida de mudar o visual. O problema é que o uso contínuo de extensões provoca uma tensão principalmente nas áreas próximas ao couro cabeludo. Essa tensão ou repuxamento causa má circulação do couro cabeludo e afeta também o processo de hidratação natural dos fios. Resultado: cabelo desidratado e fino. Assim começam as quedas, que ficam cada vez mais freqüentes até a ausência total ou parcial dos cabelos, conhecida como alopecia ou, neste caso, alopecia de repuxo ou tração.  

Você, que adotou as extensões para incrementar o visual, não precisa abrir mão do seu cabelão. É só tomar os seguintes cuidados:

– Em primeiro lugar: encontrar um profissional competente e consciente, que ao fazer o entrelaçamento saiba que não pode apertar demais, principalmente a região frontal do couro cabeludo.

– Segundo: ficar com o aplique por no máximo três meses e só fazer os ajustes a cada um mês e meio.

– Terceiro: depois de três meses, retirar toda a extensão (sei que é difícil ficar sem o cabelão, mas não tem jeito). É preciso ficar pelo menos dois dias com os cabelos livres, leves e soltos. Neste período, faça massagens no couro cabeludo para ajudar a irrigação e a hidratação dos fios.

Cabelo crespo não é ruim, ele é diferente

Se você me perguntar como esse blog nasceu, vou dizer que nasceu por causa de uma indignação. Depois de tantos anos ouvindo (e eu mesma afirmando!) que meu cabelo é ruim, que cabelo crespo é ruim, que fulana tem cabelo ruim, cansei. É verdade que nunca gostei de cabelos lisos, não combina comigo. Mas os cabelos cacheados sempre me provocaram suspiros. Tentei de tudo, chapinha, relaxamento, mas é obvio que os cachos nunca ficaram  perfeitos. É claro que na adolescência a frustração é maior. Quem não quer ter o cabelo da moda? Quando o seu cabelo só cresce para cima, como explicar para uma menina de 13 anos que ela não pode nem sonhar com o cabelo Chanel?  Quem é o culpado? O cabelo ruim. Acreditei nisso por muitos anos. Hoje, depois de tantas experiências (que vou fazer questão de contar cada uma para vocês), cheguei a seguinte conclusão: se meu cabelo fosse realmente ruim, não teria agüentado tanto secador, chapinha e química. É precioso ser muito bom para passar por um processo químico, mudar toda a textura do fio e ainda ficar parecido com o cabelo da modelo da revista. Por isso, a-do-ro o meu cabelo. Se você, como eu, também tem cabelos crespos, afirmo e repito: cabelo crespo não é ruim, é bom e muito bom.

Aqui no blog você vai descobrir todas as formas possíveis de cuidar dos seus crespinhos. Se quiser deixá-lo ao natural, aqui vai encontrar uma série de dicas. Se quiser partir para a química, vai descobrir como funcionam os produtos até como encontrar cabeleireiros confiáveis. Não importa qual a sua escolha, vamos nos unir em uma jornada que vai transformar nossos cabelos em verdadeiros objetos do desejo. É isso.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.